Paducah, a cidade do Patchwork!

Paducah

 O Ateliê Ana Cosentino está em Paducah , expondo seus produtos pela primeira vez no evento de primavera da AQS (American Quilt’s Society). Considerada a cidade do patchwork, Paducah fica no Kentucky, Estados Unidos.

Paducah

Você pode nos acompanhar desde uma breve apresentação da cidade, passando pela montagem da feira, até passeios dentro da feira na nossa playlist de vídeos Diário de Paducah!

 

É muito interessante observar como Paducah é realmente a cidade do patchwork (que por lá é chamado de quilt). Durante o evento há lojas do segmento espalhadas por toda a cidade, lojas sazonais, que ficam montadas durantes essas épocas. Os moradores de lá praticamente respiram o tema. O público da feira é formado em sua maioria por senhoras que gostam mesmo é de fazer suas peças. Há uma baixa procura por produtos pontos, o sucesso por aqui está nos projetos e materiais para você mesmo fazer. Apesar de ser permitida a entrada de crianças, são poucas as que circulam pelo evento e, diferente do Brasil, dificilmente os maridos acompanham as esposas.

 

A cidade é pequena e tem cerca de 25 mil habitantes, porém durante o evento da AQS ela chega a receber cerca de 40 mil pessoas, entre visitantes, expositores e fornecedores. Quase o dobro! E todos os moradores e prestadores de serviço da cidade tem a preocupação de receber bem quem vem de fora. Estão sempre perguntando se estamos gostando da estadia e ajudam sempre que é possível. É muito bacana!

 

Como a maioria dos expositores também são senhoras, há uma equipe de voluntários formada por alunos das escolas cristãs da região, que ajudam durante todo o evento fazendo o staff da feira. Ajudam a descarregar material, montar stand, organizam filas, cuidam do fluxo no estacionamento. Eles estão identificados com camisetas amarelo fluorescente, como você vai observar no vídeo a seguir:

 

As exposições espalhadas pela feira são simplesmente maravilhosas:

 

 

Nós ficamos muito felizes e orgulhosos em ver que algumas brasileiras foram premiadas nos concursos da feira este ano e gostaríamos de parabeniza-las mais uma vez.

 

O trabalho “Águas Claras” da Lucia Souza de São Vicente, – SP.

 

O trabalho “The Navigator’s Star” das meninas Aline Bugarin e Natacha Bugarin de Campinas – SP.

 

O trabalho “Amazonia” da Rosani Ganc.

 

 

“Quem faz patch não pode morrer sem conhecer Paducah e o Museu do Quilt, eu sempre falei isso. (…) Fiquei muito emocionada quando vi a abertura da feira. Não foi nada muito diferente do que a gente conhece, mas sabe quando você volta no tempo e você vê tudo que você fez, tudo que você trabalhou pra chegar onde chegou? Quantas pedras eu tive que tirar, tudo que eu tive que enfrentar pra chegar onde cheguei e eu tô lá! (…) A gente sente uma alegria, uma satisfação e você vê que é só o comecinho. Isso reforça o que eu digo, nós brasileiras somos grandes artistas, nós temos um grande potencial de trabalho, ainda vai despontar muita gente boa. Estamos só no começo! (…)quando eu vi, estava vendo e chorando! Hoje foi um dia de grandes emoções.” Ana Cosentino

 

Um abraço!
Equipe Ana Cosentino

Sobre o Autor Ver todas as Postagens

Ana Cosentino

Sou apaixonada pelo Patchwork e pelo Quilting e acredito que o Patchwork tem o poder de transformar as vidas das pessoas.
Eu digo isso com propriedade, pois a minha própria vida foi... Saiba mais→