O seu espaço para o Patchwork é aqui

Aqui você vai encontar diversas dicas, fotos, vídeos, e artigos relacionados ao Patchwork e Quilting!

INFORMATIVO – 3º Patchmeeting

Cork notice or bulletin board with blank white office index card. Space for copy.

A terceira edição do Patchmeeting já tem data marcada e local reservado!!

DATA:
07 a 09 de Junho de 2019

  • 7 de Junho – sexta – 09h às 18h30
  • 8 de Junho – sábado – 09h às 18h30
  • 09 de Junho – domingo – 09h às 13h

Para garantir o seu ingresso, acesse o link abaixo:
https://patchmeeting.com.br/

Pela primeira vez o evento vai deixar a sua terra natal, o seu berço, para alçar voos mais altos. Só mesmo deixando o conforto do ninho é que a gente cresce, vive novas experiências, encontra novos desafios. Com o nosso evento não vai ser diferente, por isso fizemos uma minuciosa busca para encontrar o lugar ideal para nos receber. O hotel escolhido desta vez é o ITU PLAZA HOTEL, localizado bem na entrada da cidade.

ITU PLAZA HOTEL
Endereço: Alameda das Amoreiras, 81,
Jardim Paraíso II – Itu – São Paulo
Telefone: (11) 4023-8005
Whatsapp: (11) 98448-0908
E-mail: eventos1@ituplazahotel.com.br
Site: www.ituplazahotel.com.br  
Check-in: 14h e check-out: 12h

Valores especiais* para o evento com pensão completa (café da manhã + almoço + jantar):
Single > R$379,50
Duplo > R$ 522,00
Triplo > R$704,50

*Para isso, basta informar o nome do nosso evento “Patchmeeting” na hora de fazer a sua reserva e verificar a disponibilidade do Hotel.

LOCOMOÇÃO E ACESSO

Vans:

Vamos disponibilizar transporte em vans saindo de Guarulhos e Viracopos.
Na ida o horário de saída para o evento será entre 17h e 18h da quinta-feira, dia 06 de Junho.
Na volta o horário de saída para os aeroportos será entre 14h e 15h do domingo, dia 09 de Junho.
A reserva para as vans será feita através de uma compra simbólica, diretamente com o nosso atendimento.

Pra quem vem de carro:
Rodovia Presidente Castello Branco (SP-280, também denominada BR-374) 
Interligando Itu com São Paulo diretamente.
Rodovia Santos Dumont (SP-75)
Interligando Itu com Sorocaba e Campinas diretamente.
Rodovia Marechal Rondon “Dom Gabriel Paulino” (SP-300)
Interligando Jundiaí com Itu, passando por Itupeva e Cabreúva.
Rodovia dos Bandeirantes (SP-348)
Interligando Itu com São Paulo e Campinas.
Rodovia Anhanguera (SP-330)
Interligando Itu com São Paulo e Campinas.

Pra quem vem de avião:
Aeroporto de Guarulhos – São Paulo – 121 Km – 1h35min – Uber R$215 (valor estimado).
Aeroporto de Congonhas – São Paulo – 106 Km – 1h43min – Uber R$197 (valor estimado).
Aeroporto de Viracopos – Campinas – 43 Km – 42min – Uber R$90 (valor estimado).

Pra quem vem de ônibus:
Rodoviária da Barra Funda
Viação Vale do Tietê
Preço médio: R$35,00 por trecho
Site: https://vendas.valedotiete.com.br/VendaWeb/

Outras Sugestões de hospedagens:

HOTEL IBIS ITU
Endereço: Avenida Wolko Orni Yedin, 1251
Jardim Paraíso – Itu – São Paulo              
Telefone: (11) 3414-3454
E-mail: h8138-re@accor.com.br
Site: www.ibis.com/pt-br/hotel-8138-ibis-itu/index.shtml

HOTEL VILA DO CONDE
Endereço: Rua Dr. José de Paula Leite Barros, 164
Centro – Itu – São Paulo
Telefone: (11) 4022-2858
E-mail: hotel@viladoconde.com.br
Site: http://viladoconde.com.br/home_page.htm

HOTEL SANTA RITA
Endereço: Rua Domingos Fernandes, 94
Centro – Itu – São Paulo
Telefone: (11) 4022-1972 ou 4023-0306
E-mail: itu@hotelsantarita.com.br
Site: http://hotelsantarita.com.br/itu/index.php

Ufa, acho que é isso. Se você precisar de mais alguma informação, é só entrar em contato com a minha equipe através do telefone (11) 3379-1390 ou do whatsapp (11) 94526-2469.

Estamos te esperando no evento!!!
Beijinhos

Feiras de Patchwork 2019 (Calendário Completo)

Quando pensamos em Patchwork, as feiras que acontecem durante todo o ano é uma ótima oportunidade para vermos novidades, encontrarmos com os principais nomes e lojas do mercado.
Felizmente, ao longo dos últimos 10 anos, nosso segmento cresceu muito, se consolidou e com isso as feiras, público e produtos disponíveis também aumentaram!
Eu fico muito feliz com esse crescimento e ainda temos muito o que crescer e expandir aqui no Brasil, mas acredito que estamos no caminho certo.
Nesse ano de 2019, eu irei participar de 3 feiras: Brazil Patchwork Show, Mega Artesanal e Feira de Houston, mas temos dezenas espalhadas pelo Brasil, por isso gostaria de deixar todos os principais evento listados aqui para você poder prestigiar.

Segue a lista (por meses)
Fereveiro:
Sp Design
De 13 à 16 de fevereiro
Local: Shopping Frei Caneca – Sp
Mais informações: http://www.bializ.com/patchworkdesign/locais-datas-horarios.php

Março:
Rj Design
De 20 à 23 de março
Local: Clube Monte Líbano – RJ
Mais informações: http://www.bializ.com/patchworkdesign/locais-datas-horarios.php

Abril:
Artesanal Nordeste
De 3 à 6 de Abril
Local: Centro de Convenções de Pernanbuco – Olinda/PE
Mais informações: https://www.wrsaopaulo.com.br/calendariofeiras

Feira de Limeira
Data: 24 à 27 de Abril
Local: Shopping das Nações – Limeira/Sp
Mais informações: https://www.facebook.com/limeirapatchwork/

Quilt Week Spring Paducah
Data: 24 à 27 de Abril
Local: Paducah – EUA
Mais informações: http://www.quiltweek.com/locations/spring-paducah/

Maio:
Brazil Patchwork Show (Esterei Presente com meu Stand Aqui!)

Data: 15 à 18 de Maio
Local: Pro Magno – SP
Mais infomações: https://www.wrsaopaulo.com.br/calendariofeiras

Floripa Quilt
Data: 1 à 4 de maio
Local: Associação Catarinense de Medicina – Florianópolis
Mais informações: https://floripaquilt.com.br/site/

Junho
Feira Algodão Doce Florianópolis

Data: 5 à 8 De junho
Local: Pavilhã Centro Sul – Florianópolis
Mais informações: https://festivalalgodaodoce.com.br/

Julho
Feira de Ribeirão Preto

Data: 11 à 13 de Julho
Local: Ribeirão Preto
Mais informações: https://www.facebook.com/events/1467139903394974/


Agosto
Mega Artesanal
(Esterei Presente com meu Stand Aqui!)
De 3 à 7 de Agosto
Local: Sp Expo – SP
Mais informações: https://www.wrsaopaulo.com.br/calendariofeiras

Setembro
Quilt & Craft Show Curitiba

Data: 4 à 7 de Setembro
Local: Expo Unimed Curitiba
Mais informações: https://www.quiltshow.com.br/

Feira de Gramado
Data: 19 à 21 de Setembro
Local: Centro de Eventos FAURGS
Mais infomações: http://www.festivalquiltpatchwork.com.br/


Feira de Limeira
Data: 11 à 14 de Setembro
Local: Shopping das Nações – Limeira/Sp
Mais informações: https://www.facebook.com/limeirapatchwork/

Outubro
Artesanal Portal Alegre

Data: 16 à 19 de outubro
Local: Barra Shopping Sul – Porto Alegre
Mais informações: https://www.wrsaopaulo.com.br/calendariofeiras

Quilt Market Houston (Feira de Atacado de Houston) (Esteri Presente com meu Stand!)
Data: 26 à 28 de Outubro
Local: Houston – EUA
Mais informa ções: http://quilts.com/

Quilt Festival Houston (Feira de Varejo de Houston)
(Esteri Presente com meu Stand!)

Data: 31/10 à 3/11
Local: Houston – EUA
Mais informações: http://quilts.com/

Novembro
Patch & Arte -Sp

Data: 6 à 9 de Novembro
Local: Centro de Eventos São Luis – Sp
Mais informções: https://www.wrsaopaulo.com.br/calendariofeiras

Como disse acima, eu e minha loja, estaremos presentes na Brazil Patchwork Show, na Mega Artesanal e em Houston!
Nos vemos na feira!

Bjinhosss

Ana Cosentino

Como Combinar Tecidos de Patchwork

Quando pensamos em fazer Patchwork a primeira grande dificuldade vem na combinação dos tecidos para poder fazer um trabalho bonito.
Quais tecidos escolher?
Como fazer essa escolha?
Como combinar?
Existe técnica para isso?

Sim, existe técnica e método para isso e nesse post eu quero te ajudar nessa questão…

Vamos começar dividindo os tecidos em 4 categorias:

  • Tecidos Principais
  • Tecidos Neutro (Ou bases)
  • Tecidos Texturizados
  • Tecidos Estampados

Tecido principal: geralmente aquele que mais chamou sua atenção e a partir dele escolherá os outros geralmente tem uma gama de cores maiores

Base ou Neutro: geralmente pérola. Branco usa mais com pastéis e pode usar até preto

Texturizado: não tem estampa. Pode ser tom sobre tom, poeira, arabesco, manchado (Um grande exemplo desses, são os Alecrim, da minha coleção de tecidos)

Estampado: geralmente o principal é a estampa maior, mas podemos trabalhar com estampas grandes e pequenas, juntas

Dicas Importante: Cuidado com tecidos xadrez e listado, que devem ser cortados na tesoura e geralmente não são muito fáceis e utilizar em blocos com muito recorte

Exemplo de tecidos Texturizados
Essa é a Coleção Country da Alecrim Tecidos by Ana Cosentino. Você pode adquirir essa coleção completa CLICANDO AQUI

Quando somos iniciantes e sem experiência, o ideal é escolher cores frias ou quentes e com o tempo ir ousando e misturando-as.
Falando de cores quentes e cores frias, vamos entender um pouco mais sobre o assunto…

Um círculo de cores é dividido entre os grupos de cores frias e quentes, ficando cada uma de um lado. Algumas cores são híbridas, como o verde e o roxo e estão no encontro das cores frias com as quentes. Algumas vezes tendem para as cores frias, outras para as quentes, dependendo da mistura que foram formadas.

As cores quentes são as mais abertas, vibrantes, fortes, estimulantes, refletem mais luz e transmitem calor. Entre elas estão os tons de vermelhos, laranjas e amarelos e têm por finalidade trazer mais vida onde são colocadas. São muito utilizadas em locais de refeição ou sociais. Devemos usar as cores fortes com moderação, sabendo bem com que intenção a utilizamos e que impacto elas terão em nossas emoções e desempenho mental.

As cores frias já são o oposto. Sempre trazem um ar de calma, relaxamento, melancolia, paz e envolvem as cores em tons de azul, verdes e roxos. Também trazem efeito de amplidão aos ambientes, aumentam a concentração, aguçam os pensamentos e permitem que nossa mente esteja mais disponível para “trabalhar” e até diminuem a pressão arterial. 3

Dizemos que o preto é a soma de todas as cores e o branco é ausência de cor, mas ambos têm propriedades quentes e frias. Por norma, o branco é considerado frio e o preto quente.

Exemplo da Roda das Cores

As cores são capazes de despertar sentimentos nas pessoas e todas elas tem significado, vamos entender um pouco de cada delas…

Abaixo segue um guia rápido de algumas cores:

  • Vermelho: Paixão, amor, raiva.
  • Laranja: energia, felicidade, vitalidade.
  • Amarelo: felicidade, esperança, mentira.
  • Verde: recomeço, abundância, natureza.
  • Azul: calma, responsabilidade, tristeza.
  • Violeta: criatividade, nobreza, saúde.
  • Preto: mistério, elegância, mal.
  • Cinza: melancólico, conservador, formal.
  • Branco: Puro, limpo, virtuoso.
  • Marrom: natureza, salubridade, confiança.
  • Bege: elegância, piedade, tédio.

Eu tenho um vídeo onde explico COMO escolher seus tecidos para fazer patchwork, veja abaixo

Essa semana acabei de abrir as matrículas para meu Método Fundamentos do Patchwork, onde eu explico COMO fazer Patchwork e como ENTENDER essa arte, saindo do absoluto ZERO até a construção de colchas maravilhosas!
Eu gravei um vídeo onde explico tudo sobre meu curso, CLIQUE AQUI E VEJA

Bjinhos
Até o próximo post

A educação Muda a Família

Eu quero te contar uma coisa…
Eu sempre digo que o “PATCHWORK TEM O PODER TRANSFORMAR A VIDA DAS PESSOAS” mas talvez você não saiba como ele realmente mudou a MINHA vida!

Me deixe contar um pouco mais sobre mim…Se você me permitir, é claro…
Eu sou casada há 36 anos com o Wilson, meu companheiro e marido e desse casamento, tivemos dois filhos: Cláudia e Ricardo

Eu sou formada em Geometria, Artes e desenho geométrico e por 33 anos, dei aulas de Artes, matemática e desenho geométrico para crianças e adolescentes…
Junto com esse amor por lecionar, eu comecei a estudar e me dedicar ao PATCHWORK, há uns bons 25 anos atrás!

Eu sempre acreditei que o estudo tem o poder de mudar a realidade das pessoas e de sua família e esse valor eu passei para meus filhos.

Acontece que para investir nos estudos e muitas vezes é preciso fazermos um esforço a mais e assim mudarmos as nossas vidas…
Foi aí que o PATCHWORK começou a mudar a minha vida (e da minha família)…

Com o Patch eu consegui sustentar e formar meus dois filhos e pude mudar a minha realidade, do meu marido e a do futuro deles!

Hoje, a Cláudia é médica Cardio Pediatra e o Ricardo é empresário, empreendedor e o gestor de todas as nossas empresas…

Além disso, nossa empresa cresceu, e hoje emprega dezenas de pessoas e também muda a vida delas…

E hoje posso te afirmar, tudo isso, eu e minha família, conquistamos através do PATCHWORK!

Eu posso te afirmar o estudo é um agente transformador de vidas e o Patch é o caminho para isso…

Estou muito animada pois acabei de abrir as matrículas para minha nova turma do curso Fundamentos do Patchwork, que já transformou a vida de milhares de meninas ao redor do mundo!
Eu gravei um vídeo onde explico TUDO sobre o curso, CLIQUE AQUI e assista

Essa foto é um trabalho da minha Aluna Carmen, feita com os ensinamentos do Fundamentos do Patchwork

Nos vemos lá no curso!
Qualquer dúvida, você pode entrar em contato com minha equipe pelo contatos abaixo:

Whatsapp: (11) 94526-2469

Telefone: (11) 3379-1390

email: atendimento@anacosentino.com.br

Projeto Mala Country

Olá, tudo bem com você?

A distância e o deslocamento sempre foram as grandes barreiras para o conhecimento.

Mas isso não se aplica para as minhas aulas, porque, como você sabe, hoje me dedico 100% ao ensino ON-LINE e assim posso te ensinar Patchwork de maneira fácil e rápida!!!

Acontece que eu tenho uma loja virtual e muitas vezes o FRETE acaba sendo uma barreira grande, seja pelo valor que muitas vezes é alto, ou seja pelo tempo de espera receber as mercadorias. Sim, infelizmente isso é uma realidade.

O produto de maior sucesso na minha loja são os meus PROJETOS. Neles eu disponibilizo o passo a passo (os famosos PAP) fotografado e descrito para executar as peças que desenvolvo! Na minha metodologia eu uso gráficos, fotos e passo a passo detalhado de como montar a peça em questão.

Acontece que muitas vezes para você comprar um projeto no meu site, o valor do FRETE é maior que o do próprio projeto, sem contar a ansiedade em esperar os correios nos entregar, não?

Pensando nisso, à partir de agora, irei disponibilizar para você a compra dos meus PROJETOS de maneira DIGITAL!!!

Isso mesmo, você compra e recebe em formato PDF (tipo de formato de arquivo) no seu e-mail! Assim você não paga FRETE e recebe no mesmo momento, via e-mail!

O primeiro teste foi um sucesso e agora eu decidi lançar a Mala Estrela Country!

Veja que linda!

Você irá pagar APENAS 29,80 por lindo PROJETO!

É só clicar no link: https://goo.gl/FEiZ5Y

Qualquer Dúvida, basta me falar.

Clique e adquira o seu: https://goo.gl/FEiZ5Y

Beijinhosss

Ana Cosentino

Ps: Importante! Um projeto consiste no PASSO A PASSO de como executar a peça. Não contém vídeo.

Colcha de Patchwork de 3 gerações!

Sabe aquelas coisas que passam de mãe pra filha?
Aqueles presentes que você guarda com carinho e tem muito amor envolvido? Uma verdadeira relíquia que irá passar na mão de gerações e gerações?

Sim, nesse momento está acontecendo isso aqui na minha família e deixa eu te contar:

Faz aproximadamente 5 anos que meus pais vieram morar aqui em Jundiaí para ficar mais perto de mim e eu poder tomar conta deles, depois de mais de 25 anos morando em uma rancho em Alfenas, sul de Minas (a parte triste da história eu vou pular, então vou somente te contar as coisas boas, combinado?).

Quando a minha mãe, da Dona Joana, ou Jojô para os íntimos (então você pode chamá-la assim também) veio morar pertinho de mim, ela começou a fazer aulas de Patchwork aqui no meu Ateliê, isso reviveu uma paixão antiga que tinha dentro dela: Costurar.

Foi com ela que aprendi meus primeiros pontos e foi ela que me ensinou a mexer na máquina de costura.

Aula após aula ela foi descobrindo a parte mais nobre do PATCHWORK, que é a possibilidade de presentear seus entes queridos e amigos! Foi então que ela decidiu fazer uma colcha de PATCHWORK para cada neto!

E assim chegamos no dia de hoje, veja a Colcha ESPETACULAR que ela acabou de fazer para o meu filho, o Ricardo Cosentino.

Para tornar esse presente ainda mais especial, nós (eu e a Jojô) decidimos que eu mesma iria fazer todo o Quilting da colcha, assim o presente se tornaria ainda mais único e teria o meu toque e o dela.

Hoje eu comecei a quiltá-la e admito, é uma delícia fazer parte desse presente! Apesar da Jojô quiltar com excelência, eu decidi participar também do presente.

Você sabia que muitas meninas tem medo de quiltar e acabam nunca finalizando seus trabalhos de Patch?

Esse medo é comum porque elas acham que para fazer um quilting com maestria, é preciso ter DOM, talento ou máquinas super poderosas!

“Já pensou estragar uma colcha maravilhosa como essa que o Ricardo irá ganhar?” É dai que vem o receio com o Quilting.

A verdade é que para quiltar com EXCELÊNCIA, você irá precisar de duas coisas: MÉTODO que te ensine corretamente e TREINO!

A boa notícia é que eu tenho o Método comprovado e que já ensinou milhares de meninas do absoluto ZERO até virarem profissionais (literalmente).

Esse método chama-se FUNDAMENTOS DO QUILTING e eu liberei algumas poucas vagas agora mesmo. Eu preparei um vídeo onde explico TUDO sobre o meu curso, clique abaixo e assista.

https://fundamentosdoquilting.com.br

Bjinhosss

Ana Cosentino

Ps: Qualquer dúvida que você tiver do Fundamentos do Quilting, basta me mandar aqui.

A Corrente do Bem se Propagando

Quando a gente levanta fala na Corrente do Bem, a gente sempre espera que uma onda de amor se propague por uma distância infinita. Esse sempre foi o meu sonho!

 

Hoje eu estou aqui pra mostrar, mais uma vez, como o bem que a gente faz com a nossa ação de doação sugerida no PATCHMEETING está mesmo se propagando.

O Hospital Universitário de Jundiaí postou ontem, na sua rede social, as fotos com a entrega das mantinha que doamos para as mães que são atendidas lá. O Hospital é o único do SUS numa região que não se limita apenas a Jundiaí.

Estamos muito felizes com isso e esperamos que essas mantinhas façam o bem pra muita gente e por muito tempo. Que o nosso amor, colocado neste trabalho, chegue ao infinito!

Agradeço de coração a todas as que colaboraram, fazendo as mantinhas. Agradeço à Aline Neves, Neonatologista responsável e querida aluna do meu Ateliê que viabilizou o nosso contato com o Hospital Universitário de Jundiaí, ao qual também agradecemos por nos ter aberto as portas!

Obrigada a todos os envolvidos.

Ano que vem tem mais!!

A Continuação da CORRENTE DO BEM!

Fazer o bem ao próximo é algo que sempre esteve nos meus pensamentos e atitudes. Sempre acreditei que precisamos fazer algo para que a nossa existência não seja em vão e ajudar a quem precisa pode ser um gesto pequeno pra quem faz e um gesto transformador pra quem recebe. Depois de assistir ao filme “A Corrente do Bem”, que foi lançado em 2001 – dirigido por Mimi Leder e estrelado por Kevin Spacey, Helen Hunt e Haley Joel Osment – eu decidi que queria fazer algo nesse sentindo, só não sabia o que!

Foi então que enxerguei no meu encontro de alunas, uma excelente oportunidade pra colocar isso em prática. No 1º PATCHMEETING lançamos um projeto que tem o objetivo de estimular que as pessoas façam o bem para alguém próximo. Se cada um fizer uma atitude de bem para ajudar o próximo, essa onda de boas ações tende a se propagar infinitamente. Então, no nosso primeiro encontro propusemos que as alunas trouxessem para o nosso encontro uma almofada feita com os ensinamentos do curso para doarmos a alguma instituição que promova o bem ao próximo.

 

As almofadas foram doadas para o Grendac de Jundiaí, uma instituição que presta assistência à crianças com câncer. O Grendac estava representador por minha amiga dos tempos de professora em colégio e posteriormente minha aluna, Jussara Righi. Foram mais de 60 almofadas para serem vendidas em bazares beneficentes em prol da instituição. Fizemos também a doação de uma colcha de casal histórica para a ASAB do Rio de Janeiro, representada por minha aluna Teresinha Donato. A colcha foi rifada pela instituição e rendeu mais de 10 mil reais que foram utilizados para a reconstrução de um muro que cedeu com as chuvas fortes! Então podemos dizer que realmente FIZEMOS O BEM!

Para este segundo PATCHMEETING, propusemos que as alunas fizessem mantas de bebê para que pudéssemos doar para o HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE JUNDIAÍ, representado pela aluna Aline Neves, que é a médica coordenadora da Neonatologia do Hospital.

No total foram 54 mantinhas de bebê. Todas elas feitas com muito esmero e muito capricho. Todas elas aplicando os ensinamentos dos cursos on-line.

A gente ficou babando em cada um dos trabalhos. Cada um deles traz um pouco da personalidade de cada uma, mas estão todas de parabéns!

Além dos lindos trabalhos este é um gesto de amor ao próximo que a gente espera que se perpetue, que chegue o mais longe possível, que ajude realmente a transformar o mundo num lugar melhor pra se viver!

Eu espero que você também faça parte dessa corrente de pessoas que faz o bem para o próximo e que se junte a nós nessa intenção de melhorar o mundo!!

O 2º PATCMEETING foi iluminado!

E foi então que o 2º PATCHMEETING aconteceu!

O encontro presencial das alunas do Método Ana Cosentino. São 3 dias imersos num universo de palestras e atividades voltadas para quem ama Patchwork e Quilting mas, mais do que isso, são 3 dias dedicados para quem ama a vida! Fazer o segundo evento era um desafio ainda maior depois do sucesso tremendo que foi a primeira edição do evento. Se tudo que fazemos é planejado com muito cuidado e feito com muito amor, com o 2º Patchmeeting não foi diferente.

 

 

Pensamos em cada detalhe. Colocamos o nosso coração à frente das decisões e por isso tenho certeza de que cada uma das meninas que esteve presente no Hotel Quality aqui de Jundiaí –  dia 30 de Novembro, 1º e 02 de Dezembro de 2018 – saiu daqui carregada de boas energias, de forças renovadas pelo convite que cada palestrante fez à reflexão sobre si mesmo, carregada de conhecimento, de informação, carregada de novos amigos, de reencontros, carregada de novas ideias.

 

 

Durante todo o evento o que sentimos foi mesmo a “leveza” de que falou a convidada especial Kareemi Gak e sua maneira positiva de encarar a vida. Sentimos a gratidão de que o mais querido convidado, Victor Damásio falou também em sua tão bem avaliada palestra. Ouvimos histórias de solidariedade entre as colegas, de caridade com os funcionários do hotel, histórias de gente honesta, cheias de atitudes de respeito para com o outro e é isso que queremos que fique sobre o evento.

 

Victor Damásio

Kareemi Gak

 

Trouxemos palestras de algumas áreas técnicas importantes para quem trabalha com o patchwork como nós! Falamos sobre tecido  – Ricardo Cosentino/Alecrim, sobre agulhas – Alexander Moser/Schmetz, sobre negócios – Ricardo Cosentino/Ateliê Ana Cosentino, sobre patchwork – Ana Cosentino, voltamos pra casa com a mala cheia de informações valiosíssimas. Nós, mais do que ninguém, sabemos a importância de continuar investindo em conhecimento sempre! Isso vai diferenciar essas meninas no mercado, tenho certeza!

Alexander Moser – AGULHAS SCHMETZ

Ricardo Cosentino – ALECRIM TECIDOS / ATELIÊ ANA COSENTINO

Ana Cosentino

 

A CORRENTE DO BEM também é uma oportunidade de ajudar o próximo, num gesto simples, que não custa nada, mas vale muito. Um incentivo para que essa onda de boas ações se propague, que dure até o próximo encontro e que alcance o lugar mais longe que puder. Começou na primeira edição, esteve nesta segunda e estará em todas as próximas. Vamos fazer a nossa parte sempre que pudermos! As doações deste ano foram mantinhas de bebê para o Hospital Universitário de Jundiaí, além de mais uma colcha de casal para a ASAB do Rio de Janeiro.

 

Mas uma das coisas mais legais dessa oportunidade única que o Patchmeeting nos traz é essa chance de estar perto uma das outras, de poder conhecer de perto, de receber carinho, de se divertir. Que esse nosso encontro floresça na vida de cada uma de vocês! Que a energia gerada lá nos alimente e ilumine até o nosso próximo encontro!

 

.

Qual manta usar no Patchwork?

Depois de preparar o topo do seu trabalho com o patchwork, é hora de montar o seu “sanduíche”. Para isso vamos precisar do topo, da manta e do tecido de forro.
A escolha da manta vai fazer toda diferença no resultado final do seu trabalho. Você quer uma manta mais leve, mais encorpada ou mais fofa.

O mercado patchwork no Brasil ainda é muito recente, mas está crescendo. Nós somos um mercado consumidor muito interessante para eles, afinal para fazer as colchas, mantas e bolsas de patchwork é preciso muita manta, não é verdade? Eu vejo bastante produtos fora do Brasil e vejo que a nossa manta tem qualidade, mas que ainda há muito que melhorar. Podemos usar como exemplo a Industria de Tecido, ela tem crescido muito nos últimos anos.

Por enquanto nós temos que nos adaptar com o produto que encontramos no mercado. Existem vários tipos de manta no mercado e na minha loja eu comercializo as que a gente mais usa:
MANTA R1 = poliéster, levemente colante de um lado e macia do outro, 100g ou 200g.
MANTA R2 = poliéster, levemente colante dos dois lados, 100g ou 200g.
Essa cola que existe nas mantas é uma cola temporária que é ativada com o calor do ferro de passar e que não faz uma aderência muito forte.

Qual a diferença?
A diferença básica entre a Manta R1 e a R2 pode ser percebida no toque das mãos. A Manta R2 é áspera dos dois lados por causa da resina e a R1 é áspera de um lado e macia do outro.

Nos meus trabalhos como mantas e caminhos de mesa eu uso a MANTA R1, acho que fica mais macio, sobretudo depois da primeira lavagem da peça. A MANTA R2 fica um pouco mais dura, mesmo depois da lavagem, então eu gosto de usá-la pra fazer um jogo americano. Se você usar a R2 numa manta, por exemplo, quando você a dobra, ela fica com a marca do vinco por causa da resina. Você pode encontrar estas mantas na cor branca e também na cor preta. É legal usar a manta escura com tecido escuro.

Pra você fazer um trabalho mais leve, mais macio, daqueles fininhos e fáceis de dobrar, você pode usar a Manta Âmbar ou a Manta Jade.
MANTA ÂMBAR = poliéster com algodão, antialérgica, fina e macia, 100g e 200g.
MANTA JADE = poliéster com viscose, fina e macia, 100g ou 200g.

As Mantas Acrílicas dever ser usadas naquelas mantas mais leves e fofas, tipo as mantas de bebê. Neste caso o seu trabalho vai ficar parecido com um edredon. Você pode escolher entre a de 100gr e 60gr. A de 100 deixa o seu trabalho mais fofinho, mas mais pesado, por isso eu tenho preferido fazer minhas mantas com a de 60gr.
MANTA ACRÍLICA = poliéster, não muito macia, espessuras entre 60g e 200g.

Pesquisei durante muito tempo que tipo de material eu poderia utilizar para estruturar as minhas bolsas até chegar no Forrobel, que é uma espécie de feltro, só que bem grosso. Como é também um material mais caro, eu costumo usar só para fazer bolsa e dou preferência às outras mantas na hora de montar uma colcha, um caminho de mesa, por exemplo.
FORROBEL = poliéster, espécie de feltro muito grosso, 330g.

O outro material que uso bastante para fazer as bolsas e carteiras é o Filter, que nada mais é do que uma entretela mais estruturada. É um material bem fininho, mas bem encorpado, eu costumo usar a de 150g pra fazer as minhas peças, se você comprar a de 200g vai ver que se parece até com uma cartolina, um papelão, é bem mais grosso e duro. Há quem utilize pra fazer o fundo das bolsas, substituindo o papel couro ou papelão.
FILTER = poliéster, fino e bem encorpado, vai de 150g a 250g.

Apesar de todas essas dicas, eu aconselho você a fazer as suas próprias experiências. Compre um pedaço de cada uma das mantas e veja o que se adequa melhor ao que você está querendo fazer.

Eu tenho um covite para você!

Quer dar os primeiros passos no QUILTING? Sabia que para fazer o Quilting, não é necessário talento ou DOM? Você precisa de suas coisas: Método e Treino

O Método é comigo e o treino é com você!

Mas não basta apenas treinar, tem que SABER treinar…

De 22/10 à 31/10 vai acontecer a SEMANA DO QUILTING, um evento totalmente GRAUITO e ON LINE onde eu vou te mostrar como dar os primeiros passos no QUILTING e como TREINAR de maneira CORRETA!

Para participar, é muito simples, clique no link abaixo e se inscreva.

LINK>> CLIQUE AQUI E VENHA PARTICIPAR << 

Espero que você aproveite tem as dicas.
Beijinhos e até a próxima!