O seu espaço para o Patchwork é aqui

Aqui você vai encontar diversas dicas, fotos, vídeos, e artigos relacionados ao Patchwork e Quilting!

A Continuação da CORRENTE DO BEM!

Fazer o bem ao próximo é algo que sempre esteve nos meus pensamentos e atitudes. Sempre acreditei que precisamos fazer algo para que a nossa existência não seja em vão e ajudar a quem precisa pode ser um gesto pequeno pra quem faz e um gesto transformador pra quem recebe. Depois de assistir ao filme “A Corrente do Bem”, que foi lançado em 2001 – dirigido por Mimi Leder e estrelado por Kevin Spacey, Helen Hunt e Haley Joel Osment – eu decidi que queria fazer algo nesse sentindo, só não sabia o que!

Foi então que enxerguei no meu encontro de alunas, uma excelente oportunidade pra colocar isso em prática. No 1º PATCHMEETING lançamos um projeto que tem o objetivo de estimular que as pessoas façam o bem para alguém próximo. Se cada um fizer uma atitude de bem para ajudar o próximo, essa onda de boas ações tende a se propagar infinitamente. Então, no nosso primeiro encontro propusemos que as alunas trouxessem para o nosso encontro uma almofada feita com os ensinamentos do curso para doarmos a alguma instituição que promova o bem ao próximo.

 

As almofadas foram doadas para o Grendac de Jundiaí, uma instituição que presta assistência à crianças com câncer. O Grendac estava representador por minha amiga dos tempos de professora em colégio e posteriormente minha aluna, Jussara Righi. Foram mais de 60 almofadas para serem vendidas em bazares beneficentes em prol da instituição. Fizemos também a doação de uma colcha de casal histórica para a ASAB do Rio de Janeiro, representada por minha aluna Teresinha Donato. A colcha foi rifada pela instituição e rendeu mais de 10 mil reais que foram utilizados para a reconstrução de um muro que cedeu com as chuvas fortes! Então podemos dizer que realmente FIZEMOS O BEM!

Para este segundo PATCHMEETING, propusemos que as alunas fizessem mantas de bebê para que pudéssemos doar para o HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE JUNDIAÍ, representado pela aluna Aline Neves, que é a médica coordenadora da Neonatologia do Hospital.

No total foram 54 mantinhas de bebê. Todas elas feitas com muito esmero e muito capricho. Todas elas aplicando os ensinamentos dos cursos on-line.

A gente ficou babando em cada um dos trabalhos. Cada um deles traz um pouco da personalidade de cada uma, mas estão todas de parabéns!

Além dos lindos trabalhos este é um gesto de amor ao próximo que a gente espera que se perpetue, que chegue o mais longe possível, que ajude realmente a transformar o mundo num lugar melhor pra se viver!

Eu espero que você também faça parte dessa corrente de pessoas que faz o bem para o próximo e que se junte a nós nessa intenção de melhorar o mundo!!

O 2º PATCMEETING foi iluminado!

E foi então que o 2º PATCHMEETING aconteceu!

O encontro presencial das alunas do Método Ana Cosentino. São 3 dias imersos num universo de palestras e atividades voltadas para quem ama Patchwork e Quilting mas, mais do que isso, são 3 dias dedicados para quem ama a vida! Fazer o segundo evento era um desafio ainda maior depois do sucesso tremendo que foi a primeira edição do evento. Se tudo que fazemos é planejado com muito cuidado e feito com muito amor, com o 2º Patchmeeting não foi diferente.

 

 

Pensamos em cada detalhe. Colocamos o nosso coração à frente das decisões e por isso tenho certeza de que cada uma das meninas que esteve presente no Hotel Quality aqui de Jundiaí –  dia 30 de Novembro, 1º e 02 de Dezembro de 2018 – saiu daqui carregada de boas energias, de forças renovadas pelo convite que cada palestrante fez à reflexão sobre si mesmo, carregada de conhecimento, de informação, carregada de novos amigos, de reencontros, carregada de novas ideias.

 

 

Durante todo o evento o que sentimos foi mesmo a “leveza” de que falou a convidada especial Kareemi Gak e sua maneira positiva de encarar a vida. Sentimos a gratidão de que o mais querido convidado, Victor Damásio falou também em sua tão bem avaliada palestra. Ouvimos histórias de solidariedade entre as colegas, de caridade com os funcionários do hotel, histórias de gente honesta, cheias de atitudes de respeito para com o outro e é isso que queremos que fique sobre o evento.

 

Victor Damásio

Kareemi Gak

 

Trouxemos palestras de algumas áreas técnicas importantes para quem trabalha com o patchwork como nós! Falamos sobre tecido  – Ricardo Cosentino/Alecrim, sobre agulhas – Alexander Moser/Schmetz, sobre negócios – Ricardo Cosentino/Ateliê Ana Cosentino, sobre patchwork – Ana Cosentino, voltamos pra casa com a mala cheia de informações valiosíssimas. Nós, mais do que ninguém, sabemos a importância de continuar investindo em conhecimento sempre! Isso vai diferenciar essas meninas no mercado, tenho certeza!

Alexander Moser – AGULHAS SCHMETZ

Ricardo Cosentino – ALECRIM TECIDOS / ATELIÊ ANA COSENTINO

Ana Cosentino

 

A CORRENTE DO BEM também é uma oportunidade de ajudar o próximo, num gesto simples, que não custa nada, mas vale muito. Um incentivo para que essa onda de boas ações se propague, que dure até o próximo encontro e que alcance o lugar mais longe que puder. Começou na primeira edição, esteve nesta segunda e estará em todas as próximas. Vamos fazer a nossa parte sempre que pudermos! As doações deste ano foram mantinhas de bebê para o Hospital Universitário de Jundiaí, além de mais uma colcha de casal para a ASAB do Rio de Janeiro.

 

Mas uma das coisas mais legais dessa oportunidade única que o Patchmeeting nos traz é essa chance de estar perto uma das outras, de poder conhecer de perto, de receber carinho, de se divertir. Que esse nosso encontro floresça na vida de cada uma de vocês! Que a energia gerada lá nos alimente e ilumine até o nosso próximo encontro!

 

.

Qual manta usar no Patchwork?

Depois de preparar o topo do seu trabalho com o patchwork, é hora de montar o seu “sanduíche”. Para isso vamos precisar do topo, da manta e do tecido de forro.
A escolha da manta vai fazer toda diferença no resultado final do seu trabalho. Você quer uma manta mais leve, mais encorpada ou mais fofa.

O mercado patchwork no Brasil ainda é muito recente, mas está crescendo. Nós somos um mercado consumidor muito interessante para eles, afinal para fazer as colchas, mantas e bolsas de patchwork é preciso muita manta, não é verdade? Eu vejo bastante produtos fora do Brasil e vejo que a nossa manta tem qualidade, mas que ainda há muito que melhorar. Podemos usar como exemplo a Industria de Tecido, ela tem crescido muito nos últimos anos.

Por enquanto nós temos que nos adaptar com o produto que encontramos no mercado. Existem vários tipos de manta no mercado e na minha loja eu comercializo as que a gente mais usa:
MANTA R1 = poliéster, levemente colante de um lado e macia do outro, 100g ou 200g.
MANTA R2 = poliéster, levemente colante dos dois lados, 100g ou 200g.
Essa cola que existe nas mantas é uma cola temporária que é ativada com o calor do ferro de passar e que não faz uma aderência muito forte.

Qual a diferença?
A diferença básica entre a Manta R1 e a R2 pode ser percebida no toque das mãos. A Manta R2 é áspera dos dois lados por causa da resina e a R1 é áspera de um lado e macia do outro.

Nos meus trabalhos como mantas e caminhos de mesa eu uso a MANTA R1, acho que fica mais macio, sobretudo depois da primeira lavagem da peça. A MANTA R2 fica um pouco mais dura, mesmo depois da lavagem, então eu gosto de usá-la pra fazer um jogo americano. Se você usar a R2 numa manta, por exemplo, quando você a dobra, ela fica com a marca do vinco por causa da resina. Você pode encontrar estas mantas na cor branca e também na cor preta. É legal usar a manta escura com tecido escuro.

Pra você fazer um trabalho mais leve, mais macio, daqueles fininhos e fáceis de dobrar, você pode usar a Manta Âmbar ou a Manta Jade.
MANTA ÂMBAR = poliéster com algodão, antialérgica, fina e macia, 100g e 200g.
MANTA JADE = poliéster com viscose, fina e macia, 100g ou 200g.

As Mantas Acrílicas dever ser usadas naquelas mantas mais leves e fofas, tipo as mantas de bebê. Neste caso o seu trabalho vai ficar parecido com um edredon. Você pode escolher entre a de 100gr e 60gr. A de 100 deixa o seu trabalho mais fofinho, mas mais pesado, por isso eu tenho preferido fazer minhas mantas com a de 60gr.
MANTA ACRÍLICA = poliéster, não muito macia, espessuras entre 60g e 200g.

Pesquisei durante muito tempo que tipo de material eu poderia utilizar para estruturar as minhas bolsas até chegar no Forrobel, que é uma espécie de feltro, só que bem grosso. Como é também um material mais caro, eu costumo usar só para fazer bolsa e dou preferência às outras mantas na hora de montar uma colcha, um caminho de mesa, por exemplo.
FORROBEL = poliéster, espécie de feltro muito grosso, 330g.

O outro material que uso bastante para fazer as bolsas e carteiras é o Filter, que nada mais é do que uma entretela mais estruturada. É um material bem fininho, mas bem encorpado, eu costumo usar a de 150g pra fazer as minhas peças, se você comprar a de 200g vai ver que se parece até com uma cartolina, um papelão, é bem mais grosso e duro. Há quem utilize pra fazer o fundo das bolsas, substituindo o papel couro ou papelão.
FILTER = poliéster, fino e bem encorpado, vai de 150g a 250g.

Apesar de todas essas dicas, eu aconselho você a fazer as suas próprias experiências. Compre um pedaço de cada uma das mantas e veja o que se adequa melhor ao que você está querendo fazer.

Eu tenho um covite para você!

Quer dar os primeiros passos no QUILTING? Sabia que para fazer o Quilting, não é necessário talento ou DOM? Você precisa de suas coisas: Método e Treino

O Método é comigo e o treino é com você!

Mas não basta apenas treinar, tem que SABER treinar…

De 22/10 à 31/10 vai acontecer a SEMANA DO QUILTING, um evento totalmente GRAUITO e ON LINE onde eu vou te mostrar como dar os primeiros passos no QUILTING e como TREINAR de maneira CORRETA!

Para participar, é muito simples, clique no link abaixo e se inscreva.

LINK>> CLIQUE AQUI E VENHA PARTICIPAR << 

Espero que você aproveite tem as dicas.
Beijinhos e até a próxima!

2º PATCHMEETING

O QUE É?

O PATCHMEETING 2018 é o encontro de alunas do Método Ana Cosentino, aqui em Jundiaí! Estamos indo para a 2ª edição do evento que foi um verdadeiro sucesso!

Isso mesmo, o 2º evento vai acontecer em Jundiaí, no mesmo lugar do primeiro. É fechado SOMENTE PARA ALUNOS E CONVIDADOS. A programação, como na primeira vez, será surpresa! A gente garante que vai ter de novo coisas muito legais, palestras, atividades e muita diversão. Pergunte para quem foi, qual foi a sensação de podermos estar todos juntos, trocando experiências e ideias. Ninguém pode falar melhor do que elas!

 

Link: http://patchmeeting.com.br/

Se você é aluna, procure o link para inscrição no post que está em nossa comunidade do Facebook ou entre em contato conosco pelo televendas que a Val te ajuda com o que for preciso: (11) 3379-1390.

*Lembrando que a inscrição é apenas para o evento, estadia e hospedagem ficam por conta de cada um, certo?

 

A DATA:

O 2º evento acontece nos 30 de Novembro, 1º e 02 de Dezembro de 2018. Pertinho do final do ano. Já estou ansiosa para que chegue logo!

 

O LOCAL:

Escolhemos  permanecer no Quality Hotel Jundiaí para o nosso segundo evento. Fomos extremamente bem recebidos da primeira vez e sabemos que não será diferente nesta segunda oportunidade. Eles oferecem uma tarifa diferenciada para os participantes se hospedarem lá mesmo. Basta ligar e dizer que é do “Evento Ana Cosentino”. Fique atenta, há vagas limitadas neste hotel, faça logo a sua reserva!

 

 

Quality Hotel Jundiaí

http://www.atlanticahotels.com.br/hotel/jundiai/quality-hotel-jundiai

Avenida Profa. Maria do Carmo G. Pellegrini, 100 
Bairro: Retiro – Jundiaí – SP
Telefone: (11) 4583-0777
E-mail (formulário): http://www.atlanticahotels.com.br/entre-em-contato/fale-conosco

código para o desconto: “Evento Ana Cosentino”

A primeira foi uma experiência única, que ficará para sempre em nossas memórias. Um momento de encontro muito bacana. Eu tenho certeza de que nos divertirmos bastante da primeira vez e desta vez vamos repetir a dose!

Caso você tenha qualquer típo de dúvida, por favor, entre em contato com a minha equipe através das redes sociais, e-mail (atendimento@anacosentino.com.br), telefone (11) 3379-1390 ou whatsapp (11) 94526-2469.

 

Abaixo seguem algumas outras indicações de hospedagem:

Hotel Serra Jundiaí

http://www.hotelserradejundiai.com.br/

Avenida Comendador Gumercindo Barranqueiros, 80

Bairro: Moisés – Jundiaí – SP

Telefone: (11) 4582-4113

E-mail: info@hotelserradejundiai.com.br

 

Hotel Center Park

http://www.hotelcenterpark.com.br/

Avenida Jundiaí, 300

Bairro: Centro – Jundiaí – SP

Telefone: (11) 4586-2000

E-mail: reservas@hotelcenterpark.com.br

 

Hotel Transamérica Classic Jundiaí

http://www.transamericagroup.com.br/nossos-hoteis/transamerica-classic-jundiai

Avenida Nove de Julho, 1869

Bairro: Centro – Jundiaí – SP 

Telefone: (11) 4583-5200

E-mail: reservasthg@transamerica.com.br

 

Hotel Travel Inn Saint Charles

http://travelinn.com.br/hotel/saint-charles

Rua Vital Brasil, 60

Bairro: Centro – Jundiaí – SP

Telefone: (11) 4521-9177

E-mail: http://travelinn.com.br/contato

 

Jundiaí Palace Hotel

http://www.jundiaipalacehotel.com.br/

Rua Petronilha Antunes, 193

Bairro: Centro – Jundiaí

Telefone: (11) 4583-1300

E-mail: reserva@jundiaipalacehotel.com.br

 

Míllian Hotel

https://www.millianhotel.com.br/

Avenida Nove de Julho, 2681

Bairro: Bela Vista – Jundiaí – SP

Telefone: (11)3395-4499 ou 3395-4490

E-mail: millianhotel@millianhotel.com.br

 

Ibis Jundiaí Shopping

http://www.ibis.com/pt-br/hotel-9190-ibis-jundiai-shopping/index.shtml

Avenida Nove de Julho, 2921

Bairro: Bela Vista – Jundiaí – SP

Telefone: (11) 3308-8300

 

Espaço Handi Quilter by Ana Cosentino

Nessa quinta feira, 14/6 aconteceu o lançamento de uma SUPER novidade, inédita aqui no BRASIL.

Lançamos o ESPAÇO HANDI QUILTER, by Ana Cosentino…

Agora meu Ateliê aqui em Jundiaí passa a ser o primeiro centro de especialidade da HANDI QUILTER BRASIL.

O evento foi super bacana e recheado de pessoas especiais. 

Durante todo o dia recebemos dezenas de meninas e meninos interessados em saber mais sobre as LONGARMS da Handi Quilter, que são máquinas especializadas em QUILTING.

 

Contamos no nosso Ateliê agora com os mais recentes lançamentos da Handi Quilter, a AMARA.
Ela é um sonho de consumo para as meninas que querem fazer QUILTING…

 

Além do lançamento do espaço, já está agendado o primeiro WORKSHOP de introdução às LONGARMS comigo, Ana Cosentino.

As vagas estão abertas e a primeira turma acontece dia 7/6 e você pode garantir sua vaga ligando diretamente aqui na minha loja: (11) 4521-4747

 

Claro, como não poderia ser diferente, a Belinha, meu grude, esteve presente no evento e roubou a cena!

 

Ainda teremos muitas novidades vindo por aí!

Venha conhecer o ESPAÇO HANDI QUILTER by Ana Cosentino!

Rua Zacarias de Goes 401

Centro – Jundiaí – SP

(11) 4521-4747

 

Espero você!

 

 

Workshop On-line Ilusão de cores

Este ano eu dei um Workshop presencial aqui no meu Ateliê em Jundiaí. Fazia tempo que eu não dava aulas presenciais. Foram dois dias com duas turmas diferentes e muito animadas. Fazer aula junto é diferente da aula on-line, porque propicia o contato pessoal, a gente acaba conhecendo pessoas e isso é muito divertido.

Mas a gente sabe que nem todo mundo pode vir até aqui pra fazer a aula. Então resolvemos gravar a aula e disponibilizar este workshop on-line, para que todos pudessem ter acesso a este conteúdo.

O Workshop está  super completinho. Além das aulas em vídeo que tem material em PDF pra você acompanhar os gráficos, no final do curso você tem acesso ao projeto completo pra você que gosta de imprimir as orientações. 

 

INFORMAÇÕES:

– 8 Módulos de aulas on-line em vídeo onde você aprenderá a técnica ILUSÃO DE CORES 
– Todos os módulos acompanham PDF
– PROJETO COMPELTO da peça desenvolvida pela Ana Cosentino 
– Você aprenderá como montar, alterar as medidas e criar seu próprio trabalho.

Valor: R$ 280,00
Link para adquirir: http://fundamentosdopatchwork.com.br/ilusao

Ou se preferir:

Telefone (11) 3379-1390

 WhatsApp: (11) 94526-2469

 

Feira de Paducah 2018 – Spring Paducah 2018

Olá meninas e meninos!

 

Participamos da Feira de Paducah 2018 – Spring Paducah 2018 – mais uma vez como expositores convidados!

Esta é a segunda vez que participamos dessa feira de Patchwork no interior dos Estados Unidos. A cidade fica no Kentucky e é considerada patrimônio cultural pela Unesco. Durante a primavera, a cidade recebe uma das maiores feira do segmento. Pessoas de todas as partes dos Estados Unidos e do mundo vem só para prestigiar a feira, o que promoveu uma sensível melhoria na estrutura da cidade.

 

O nosso estande nesta feira é bem menor do que os das nossas feiras aqui no Brazyl. Levamos projetos, bolsas e alguns materiais. As bolsas com os tecidos Alecrim foram um tremendo sucesso e a gente ficou muito feliz com isso!

 

Desta vez nós viajamos de Houston para Paducah, levando a mercadoria. Andamos mais de 1300 Km e fomos parando em alguns lugares bem interessante. Em Memphis, por exemplo, pudemos visitar Gracenland, que era a casa oficial do Elvis Presley e que hoje recebe milhares de visitantes do mundo todo. O lugar é uma espécie de santuário do Rei do Rock! Veja um pouquinho da viagem e das nossas impressões sobre Graceland!

 

 

Fica em Paducah a loja da famosa quilter Eleanor Burns, autora de vários livros, ela comemora este ano 40 anos de carreira. Certamente você ja deve ter ouvido falar dela. Fui visitar a loja, cheia de coisinhas de enlouquecer qualquer uma de nós. Inclusive tirei foto com ela de cora e tudo. Tem vídeo dela andando de carruagem pela cidade, é um barato!!

 

 

Bom isso é só um pouquinho do que aconteceu por lá!

Gravei muita coisa legal, consegui mostrar muita coisa bacana nas lives que fiz na Fanpage do Ateliê Ana Cosentino. Se você ainda não segue a gente, corre lá pra curtir e seguir nossa página: 

https://www.facebook.com/AtelieAnaCosentino/

 

Fique ligada, logo teremos mais vídeos pra mostrar pra vocês!!

 

Beijinhos

 

Ana Cosentino

 

Como fazer o Bloco Arches

Vamos ver a montagem do Bloco Arches?

É um bloco bem bonito, mais elaborado, porém, simples de montar!

 

  1. Cortar: 
  • 8 quadrados de 6,5 cm – neutro.

 

  • 4 quadrados de 7,5 cm – neutro + verde escuro.

 

  • 4 quadrados de 7,5 cm – verde escuro + verde claro.

 

  • 4 quadrados de 7,5 cm – neutro + verde claro.

 

  • 2 quadrados de 7,5 cm – laranja + verde escuro.

 

  • 1 quadrado de 11,5 cm – laranja.

 

MODO DE FAZER:

 

  1. Prepare os triângulos com os pares de quadrados de 7,5 cm. Posicione um tecido sobre o outro, com direito sobre direito, deixando sempre ambos os fios na mesma direção. Risque uma diagonal de vértice a vértice e costure com a margem de 0,75 cm de cada lado. De cada conjunto, teremos dois quadrados em forma de triângulos.
  2. Com o quadrado de 11,5 cm e quatro quadrados de 6,5 cm, construa a peça abaixo: 
  3. Construa quatro células com as partes cortadas. 
  4. Monte o bloco por faixas horizontais. 
  5. Está pronto o seu bloco: 

 

 

Como fazer o Bloco Caim e Abel

Vamos montar um outro Bloco simples, chamado Caim e Abel, mas que fica com efeito muito interessante!

 

  1. Corte 2 quadrados verde escuro, 2 verde claro e 4 quadrados neutro com 8,5 cm
  2. Corte 9 quadrados neutro, 4 quadrados verde escuro, 4 quadrados verde claro com 7,5 cm. Risque nos quadrados neutro de 8,5 cm uma diagonal e margem de costura de cada lado deste risco. Margem de costura é igual ao pé de máquina.

3. Posicionar o tecido neutro com o verde claro e depois com o verde escuro, tendo o cuidado de deixar ambos os tecidos com o fio reto na mesma posição.

4. Posicionar o tecido neutro com o verde claro e depois com o verde escuro, tendo o cuidado de deixar ambos os tecidos com o fio reto na mesma posição.

5. Algumas sugestões de blocos com cores diferentes:

Agora veja como fica a montagem de uma manta usando este Bloco: 

DESMEMBRANDO O SHOOFLY – XÔ MOSCA

Este é o Bloco Shoofly:

 

Para montá-lo:

1- Corte dois quadrados de 12,5 cm da cor verde e dois da cor neutra. Risque uma diagonal no avesso do tecido neutro. Posicione direito com direito dos tecidos, tomando cuidado em deixar ambos os quadrados com o fio reto na mesma posição. Faça uma costura com a largura do pé de máquina de cada lado.

 

2- Corte na linha cheia e corte as pontas .Passe a costura aberta e posicione os triângulos como mostra a figura.

 

3- Corte 4 quadrados neutro com 11,5 cm e um quadrado azul da mesma medida.

 

4- Posicione as peças cortadas como afigura, montando o bloco.

 

5- Costure por faixas horizontais, sempre passando as costuras abertas e alfinetando os encontros de costuras.

 

6- Encontre a metade do bloco e corte ao meio.

 

7- Sem tirar do lugar, agora corte na posição vertical.

 

Aqui estão alguns modelos de manta que podem ser montados a partir disso:

Modelo 1

 

Modelo 2

 

Modelo 3

 

Modelo 4